Por que você deveria investir em marketing de conteúdo e inovação jurídica!

Em alguns segmentos, as estratégias de divulgação são limitadas pelos órgãos reguladores por questões éticas. A advocacia é um deles. Os advogados não podem, por exemplo, disseminar os serviços prestados com um tom muito comercial ou apelo vendedor, o que pode dificultar essa comunicação com o público. Por outro lado, existem alternativas que estão dentro do que é permitido e que podem ser ainda mais eficientes para agregar valor aos serviços desses profissionais e aumentar o ticket médio. Veja, a seguir, duas das mais significativas.

Marketing de conteúdo para negócios jurídicos

marketing de conteúdo faz parte de uma tendência maior, chamada de inbound marketing. A ideia é, ao invés de “impor” a marca para os clientes em potencial, fazer com que eles se sintam naturalmente atraídos, por meio da geração de conteúdo de qualidade. De acordo com o Demand Metric, o marketing de conteúdo pode ser até 62% mais barato do que o tradicional e, mesmo assim, gerar o triplo de possíveis clientes!

O meio jurídico tem muito potencial para esse tipo de estratégia, porque o público em geral ainda tem dificuldades para compreender o famoso “juridiquês”, ou seja, aquela linguagem própria do segmento e bastante burocrática. Assim, as pessoas não entendem certos fenômenos, por mais que façam parte do seu dia a dia.

O marketing de conteúdo é uma estratégia para fazer com que esses indivíduos percam essa aversão ao Direito, entendendo que ele é um grande aliado no exercício da cidadania. E, por consequência, você mostra como os seus serviços podem ajudar a resolver problemas.

Outra vantagem importante do marketing de conteúdo é a versatilidade de plataformas e formatos. Ele pode ser feito em texto, vídeo, gráfico, infográfico ou imagem; e pode ser veiculado no blog da empresa, enviado por e-mail via newsletter ou postado nas redes sociais. Existem muitas formas de explorar a produção de conteúdo e, com isso, atrair clientes em potencial e fomentar a assinatura de novos contratos.

Esse tipo de estratégia contribui para que escritórios e profissionais da área jurídica aumentem sua visibilidade na internet, tornem-se referência, atraiam e fidelizem clientes. Tudo isso sem fazer publicidade e sem infringir as determinações do Código de Ética.

Inovação jurídica

Quando se fala em serviços jurídicos, um senso comum que ainda prevalece é a morosidade dos processos. O público tem essa visão de que tudo é muito complexo e demorado. Portanto, uma das formas de se diferenciar da concorrência é apostando em ferramentas de inovação que agilizem os serviços. Uma delas é a gestão automatizada de contratos, visto que eles são tão importantes na relação jurídica entre profissional e cliente, mas, ao mesmo tempo, também podem ser um percalço.

Ao adotar uma ferramenta como essa, a redação dos contratos será mais rápida e assertiva, assim como a assinatura e validação dos documentos. Esse pode ser um grande diferencial do seu escritório, mostrando a sua preocupação em se atualizar para melhorar a experiência dos seus clientes.

Leia também: Como a tecnologia pode ajudar o setor jurídico!

Para saber mais sobre a gestão de contratos, clique AQUI e entre em contato com um dos nossos consultores!

 

  • Quer saber mais sobre transformação digital?

     
    Holler Box
    Quer ler mais conteúdos como esse?  
    Holler Box